Arte em saber receber :: Dicas por Graca Kurylo

A expressão etiqueta, do francês, étiquette, significa o conjunto de regras e cerimoniais em eventos público ou não. A partir do século XVI, na Europa, os franceses resolveram estabelecer normas para padronizar o comportamento dos convidados em eventos sociais. Mesmo com o passar do tempo, a etiqueta permanece em muitos detalhes que fazem a diferença na arte de bem receber. O cuidado em manter uma lista adequada e organizada por pronomes de tratamento é um dos diferenciais na hora dos noivos convidarem seus amigos e parentes para o grande dia, sendo uma das atribuições do organizador orientar e ordenar a lista de convidados.

Nada mais deselegante que enviar um convite com nomes errados ou escrito de forma corriqueira, não prestigiando os acompanhantes. É de extrema importância lembrar que seu convidado tem nome e sobrenome e mesmo sem ter intimidade com algum acompanhante é preciso subscrevê-lo de uma forma completa. Escolher, preparar e confeccionar um convite e pensar em uma lista de convidados não é fácil, porém é um momento especial para quem deseja casar, por isso a observação e a supervisão de um organizador e cerimonialista é imprescindível. A entrega deles pode não ser entregue 100% em mãos pelos noivos, mas não é dispensável a entrega pessoalmente aos familiares mais próximos e aos padrinhos.

Veja abaixo matéria na íntegra: